No “Agosto Lilás”, Defensoria Pública realiza palestras de conscientização na Capital e no interior

Fonte

A programação do “Agosto Lilás” em comemoração aos 10 anos da criação da Lei Maria da Penha continua disseminando informação e conscientizando os sul-mato-grossenses sobre a violência contra as mulheres. Parceira da iniciativa, a Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul, por meio do Núcleo Institucional de Proteção e Defesa dos Direitos da Mulher (Nudem), realiza nos próximos dias uma série de atividades na Capital e também no interior do Estado.

Nesta sexta-feira (12), a defensora pública Thaís Dominato Silva Teixeira e a assistente social do Nudem, Elaine de Oliveira França, realizam em São Gabriel do Oeste, cidade distante 145 km de Campo Grande, palestras do projeto “Nudem no interior”. As palestras contemplarão cerca de 160 funcionários do Frigorífico Aurora, além de 50 técnicos da rede de atendimento às mulheres.

No dia 15, segunda-feira, a psicóloga do Nudem, Keila de Oliveira Antônio, fala às 10h com os alunos da Escola Estadual Armando de Oliveira. O evento faz parte do projeto ‘Maria da Penha Vai às Escolas’, que propõe palestras de cunho informativo e preventivo aos alunos do ensino médio da rede estadual de ensino de Campo Grande, promovendo a reflexão sobre a violência contra a mulher, além de levar orientação sobre como combater a agressão às jovens e meninas.

Uma nova edição do ‘Maria da Penha Vai às Escolas’ será realizada pela Defensoria Pública no dia 19 de agosto, sexta-feira, quando a defensora pública Edmeiry Silara Broch Festi, coordenadora do Nudem, conversará com os alunos da Escola Estadual Padre José Scampini a partir das 10h.

Agosto Lilás

Lançada no dia 1º de agosto, a campanha, coordenada pela Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres, pasta vinculada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), tem como objetivo sensibilizar a sociedade sobre a violência contra mulheres e conta com diversos parceiros, entre eles Secretaria de Estado de Educação (SED), Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Delegacia Especializada de Atendimento às Mulheres (DEAM), Coletivo de Mulheres Negras, Associação de Mulheres com Deficiência (AMDEF), Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul (ALMS), Cassems, Sebrae, entre outros.

ANÚNCIOS