Grupo lança estudo para refletir o lugar de fala e as mulheres do sistema de justiça

Grupo lança estudo para refletir o lugar de fala e as mulheres do sistema de justiça

A Comissão ADEP-MS Mulher, em parceria com o Nudem (Núcleo Institucional de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher) e o Coletivo de Mulheres Defensoras de MS, realiza no dia 25 de agosto um grupo de estudo com o tema “Lugar de Fala e as Mulheres do Sistema de Justiça”. O evento será às 18h30 (horário de MS) pela plataforma online Google Meet e terá a participação especial da Defensora Pública do Sergipe, Dra. Carla Carol Silva, que trará reflexões sobre o Livro Lugar de Fala, da escritora Djamila Ribeiro.

A ideia de realizar o evento partiu de um estudo feito pela Comissão Nacional da Mulher, da Anadep (Associação Nacional as Defensoras e Defensores Públicos), na qual uma Defensora Pública de Mato Grosso do Sul fez parte representando a ADEP-MS (Associação das Defensoras e Defensores Públicos de Mato Grosso do Sul), e com base nos ensinamentos proposto, decidiu agregar o conhecimento para mais agentes sociais do Estado.

A Defensora Pública convidada para esta ação, Dra. Carla Carol Silva, do Sergipe, explica que falar sobre esse assunto, é refletir acerca da posição das pessoas dentro da pirâmide de hierarquia social que existe na sociedade pós moderna. “Lugar de Fala é entender em qual posição social nos encontramos e pensar que essa posição não pode ser estática. Nós enquanto agentes atuantes dentro da institucionalidade do estado brasileiro devemos nos movimentar para puxar outras pessoas, para impulsionar mudanças e quebrar com paradigmas que posicionam indivíduos a partir de uma lógica hierarquizada dentro da sociedade. E romper com essa estrutura só é possível a partir de reflexões sobre o nosso lugar de fala”, afirma.

Ainda de acordo com a Dra. Carla, a autora do livro trabalha com uma linguagem bem acessível e traz um resumo do estado da arte acerca da estrutura patriarcal e racista que existe no Brasil. Além disso, o lugar de fala pode ser uma ferramenta de trabalho, de descolonização do pensamento, de racialização das pessoas brancas “que a partir do estudo vai compreender que não está habilitado ou capacitado para falar de tudo, porque se trata de falar sobre algo e não de falar em nome de alguém”, destaca.

Inscrição

A Comissão ADEP-MS Mulher irá realizar o sorteio de cinco livros “Lugar de Fala” a todos que fizeram a inscrição até o dia 18 de agosto. Para participar, acesse o link e inscreva-se: https://forms.gle/iFqBTjW3vEtueD7L9 

O acesso à sala de reunião pelo Google Meet será enviado por e-mail e também em um grupo de WhatsApp criado para facilitar a comunicação e troca de experiências. No ato da inscrição online, não esqueça de adicionar um número de celular que tenha a rede social para que a equipe de apoio possa integrar o contato no grupo.

O formulário de inscrição ficará disponível até o dia 25 de agosto. Mais informações pelos telefones (67) 3342-2413 / (67) 8133-1197 / (67) 99226-3726.