Campanha “Em Defesa Delas” que tem duração de um ano contou com semana especial na Capital

Campanha “Em Defesa Delas” que tem duração de um ano contou com semana especial na Capital

A campanha “Em Defesa Delas”, deflagrada pela ANADEP (Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos) tem como objetivo mostrar o trabalho da Defensoria Pública na efetivação dos direitos das mulheres. Em Mato Grosso do Sul, por meio da ADEP-MS realizou diversas ações para ampliar o debate e o acesso as informações sobre o combate a violência contra a mulher.  No último dia 04/06 durante sessão na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul foi ocupada a tribuna pela Defensora Pública da 3ª Defensoria da Mulher Graziele Carra Dias orientando as várias vítimas de violência doméstica e familiar. O depoimento da Defensora pode ser visto  clicando aqui.

O movimento, com mobilização nacional, contou com programação especial aqui em Campo Grande desde de maio com vídeos nas redes sociais, na quinta-feira (30/05) houve a exposição “Em Defesa Delas” no Fórum Heitor de Medeiros e ação de orientação para o acesso à justiça. Clique aqui e leia na íntegra.


Já na sexta-feira (31/05) contou com palestra na Escola Estadual Severino de Queiroz debatendo o papel da mulher na sociedade, a ministrante foi a Defensora Pública Graziele Carra Dias da 3ª Defensoria da Mulher representante da ADEP-MS e do Conselho dos Direitos da Mulher da ANADEP. Confira: Clique aqui e veja a matéria na íntegra.



Seguindo a programação na segunda feira (03/06) a ADEP-MS compôs mesa diretora com o tema  ‘Basta de Feminicídio” realizada na Câmara Municipal de Campo Grande. A audiência Pública discutiu políticas públicas de enfrentamento à violência contra a mulher e contou com autoridades e representantes da sociedade civil organizada. Clique aqui e confira audiência na íntegra.

Encerrando a campanha a Associação das Defensoras e Defensores Públicos de Mato Grosso do Sul (ADEP-MS) usou a tribuna (04/06) na Assembleia Legislativa para divulgar todos os serviços de proteção à mulher vítima de violência. A defensora pública Graziele Carra Dias esclareceu que além da atuação criminal orienta as vítimas na busca por indenização ou procedimento na área da saúde. O depoimento da Defensora pode ser visto  clicando aqui. A campanha “Em Defesa Delas” tem duração de um ano.